Arquivo da tag: desejos de biscate

Final Feliz

Por Juliana Lins*, Biscate Convidada Compositor de destinos Tambor de todos os ritmos Tempo tempo tempo tempo Na véspera do aniversário ela se pegou pensando em mais um ciclo que se fecha. Enquanto pedalava os pensamentos dançavam na sua cabeça. … Continuar lendo

Publicado em Convidados biscates, relacionamentos | Marcado com , , , | 3 Comentários

A voz solta no papel

Penetra surdamente no reino das palavras Lá estão os poemas que esperam ser escritos C.D.A. Desde que me entendo por gente, sempre gostei de cantar. Cantar é parte da vida, é trilha dos momentos, é forma de contar a história. … Continuar lendo

Publicado em Cultura e Estrutura | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Eu queria, eu não posso: eu sou casado

A Helô compartilhou esse texto chamado “Eu queria, mas sou casado”, e me deu logo vontade de comentar. Porque né. Quem não conhece essa fala? Um chope depois do trabalho? Uma oportunidade inesperada de assistir àquele show de que tanto … Continuar lendo

Publicado em alma biscate, relacionamentos | Marcado com , , , , | 18 Comentários

Frio na barriga

Por Juliana Lins*, Biscate Convidada Lembro da primeira viagem que fiz sozinha depois do fim do casamento de dez anos. Nas férias, peguei um avião pra Fernando de Noronha. Levava na mala uma dor de cotovelo tão grande que eu … Continuar lendo

Publicado em alma biscate, Convidados biscates | Marcado com , , | 4 Comentários

Declaro para os devidos fins

Por Juliana Lins*, Biscate Convidada Declaro para os devidos fins que… Eu sou a fim de você. Pronto. Falei. Ufa. Saiu. Nem foi tão difícil. Peraí… Tá falado mesmo? Você ouviu? Ou escrever foi só um jeito que eu arrumei … Continuar lendo

Publicado em Convidados biscates, relacionamentos | Marcado com , , , | 6 Comentários

Entre soslaios e mais

Há sempre um desejo. Ali a espreita, observando. Podem ser pedaços de axila a mostra, com ou sem pelos. Um sorriso maroto, um sorriso farto, ou, ainda, um sorriso farto e maroto. Uma roupa vermelha, uma boca vermelha, uma unha … Continuar lendo

Publicado em sussurros e gemidos | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Por duas: sobre mulheres e nós

Dia dessas ela me ligou. E como sempre faz quando nos falamos ao telefone, me disse que me ama muito e que eu sou ela amanhã, multiplicada por duas ou três. Ser como ela, em dobro ainda por cima, significa … Continuar lendo

Publicado em biscate de luta | Marcado com , , , | Deixe um comentário