Arquivo do autor:Borboletas nos Olhos

Sobre Borboletas nos Olhos

É melhor morrer de vodka do que morrer de tédio, disse Maiakovski. Brindo a isso enquanto acontecem-me coisas surreais. Segue o meu perfil quando me vejo assim: cara a cara comigo mesmo. Ou seja, meio de lado. Um mosaico com rachaduras evidentes. Nostálgica, mas disfarço com o riso fácil. Leio de tudo e com desespero. Escrevo sem vírgulas, pontos ou educação. Dou um boi pra não entrar em uma briga, o resto já se sabe. Considero importantíssimo saber rir de mim mesma. Nem que seja pra me juntar ao grupo. Certa da solidão, fui me acostumando a ser boa companhia. Às vezes faço de conta que sou completa, geralmente com uma taça na mão. Bebo cerveja, bebo vinho e, depois das músicas italianas, bebo sonhos. Holanda, por parte de mãe e de Chico. John Wayne, por parte de pai. Borboleta e Graúna por escolha e história. Tenho uma sacola de viagem permanente no meu juízo e a alma, de tão cigana, não para em palavra nenhuma. Gostaria de escolher meus defeitos, mas não dando certo isso, continuo teimosa. Não sei usar a nova regra ortográfica. Nem a velha, talvez. Amo desvairadamente. E tento comer devagar. Sei lá, pra compensar, talvez. Tem gente que tem a cabeça no mundo da lua. Eu não. Quando vou lá, vou toda. Sou questionadora, mas aceito qualquer resposta. Aspecto físico? Língua afiada e olhos cor de saudade. Gosto de fazer o que eu gosto. No mais, preguiçosa. Sabia o que é culpa, mas esqueci. Nada mais a dizer, prefiro andar de mãos dadas. E dormir acompanhada. Mas, bom, bom mesmo é sal, se você já leu Verissimo.

Ser Biscate? Aprendi na Igreja

#AlmaBiscate Por Luciana Nepomuceno Ela trepa. Ou não. Só se quiser, com quem quiser, mas não sempre que quer, infelizmente. Essa biscate se debruça na janela, vê a vida passando e faz fiu-fiu pra ela, enxerida e animada. Essa biscate … Continuar lendo

Publicado em alma biscate, biscatagi especial, um ano Biscate SC | Marcado com , , , , , , | 7 Comentários

Pode Me Chamar de Gisberta

Instrumento Aprendi: as pessoas podem me ferir. Por maldade. Por falta de imaginação. Por pensarem demais. Por planejarem pouco. Porque estou aqui, e sinto, uma pessoa pode me ferir. Por acaso. Sem querer. A gente esbarra em uma palavra de ponta … Continuar lendo

Publicado em biscatagi séria, memória biscate, uma biscate quer | Marcado com , , , , , , | 2 Comentários

É Divertido, Gente!

A vida é curtição, dizemos lá em casa. Poder dizê-lo é poder viver. Aprendi cedo que o riso me faz bem. Para além, que o riso me faz mais eu, mais próxima da eu que anseio, todo dia, ser um … Continuar lendo

Publicado em biscatagi é cultura | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Do Desejo

De pé, defronta-se com o espelho como se este fosse um enigma. Os olhos vasculham a extensão deste território outrora desconhecido: seu corpo. Procura marcas, sinais. Seu corpo, ela reconhece, é um território em convulsão. É-lhe estranho que nada se … Continuar lendo

Publicado em biscatagi especial | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Ao vencedor, as batatas!

Meio dia, sabe. E eu, no meio do tempo. Meio perdida. Meio vazia. É fome, penso e vou tratar de disfarçar esse vazio que me acostumei a chamar: eu. Porque sou incompleta e tenho essa vontade do que desconheço. É … Continuar lendo

Publicado em receita biscate, uma biscate quer | Marcado com , , | 2 Comentários

Ele Só Quer Te Comer

Ele só quer te comer, escuto tantas vezes e ainda me espanta. Que digam, não que os eles queiram. Ou, na sua variação mais suave: ele só quer teu corpo, dizem por aí, como se fosse demérito. Mas a recíproca … Continuar lendo

Publicado em biscatagi, desejos de biscate, memória biscate, uma biscate quer | Marcado com , , , , | 25 Comentários

Do Adeus

Foi assim: abri porta, peito, pernas, e fechei os olhos. E por todo o tempo em que pensávamos que era chegada, eu já estava de partida. Eu nunca estive aqui. Eu nunca estive em ti . O corpo é triste depois … Continuar lendo

Publicado em uma biscate quer | Marcado com , , | 6 Comentários