Parece até que foi ontem…

Em exatos três dias, completará um ano. “Caramba”, pensa ela, quando se dá conta de quanto tempo já passou. É que aquele 05 de junho pareceu tão terrivelmente interminável e insuperável, que ela achou que não suportaria…

A princípio, tudo era dor. Sabem como é, né?  Ouvir um “não te amo mais”  de quem a gente espera tudo e nada ao mesmo tempo pode soar pior do que a notícia – verídica – de um fim do mundo próximo. Mas o mundo não acabou e a vida seguiu.

Vida que seguiu melhor do que ela era capaz de imaginar.

Lágrimas foram derramadas. Noites não foram dormidas. Muitas lembranças povoaram a mente inquieta e o coração forte dela. Mas aos poucos, ela começou a superar as próprias expectativas. Aprendeu a deixar a dor ir embora. Entendeu que o passado só serviu e servirá para preencher páginas de sua história com aprendizados diversos.

Ela aprendeu a ouvir e a sentir mais. Aprendeu que é muito mais válido viver experiências do que ficar imaginando como elas seriam. Aprendeu que divertir-se é preciso. Aprendeu a sorrir, a demonstrar paixão pelo que gosta, a correr atrás de seus sonhos. Aprendeu a amar-se, a cuidar-se, a aceitar-se como é e a melhorar tudo de bom que já tinha. Aprendeu que ela não era, de forma alguma, responsável pelo sentir dos outros. Só que nada, absolutamente nada disso veio de uma vez: bastou que ela se permitisse tomar as rédeas de suas decisões.

Hoje ela canta, dança, cria, experimenta, ama, estuda, muda. Hoje, ela luta. Hoje, ela lembra e já não sente mais falta do ontem. E espera que algum dia, tod@s possam compreender que nada termina por acaso. Se algo tem fim… É porque um novo início – talvez muito mais interessante e enriquecedor – está por vir.

Que tal dar – se essa chance, tipo… AGORA MESMO?

 

 

 

 

Sobre Cláudia Gavenas

Paulistana, 26. Designer, gateira, feminista e musical. Meio perdida na vida, mas não tem certeza se realmente quer se encontrar...
Esse post foi publicado em biscatagi, memória biscate, uma biscate quer e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Parece até que foi ontem…

  1. julio gm disse:

    A vida é sempre assim, partidas e chegadas (tem uma musica assim, sei lá), o segredo é saber para onde se quer ir.

    E o amor é mais uma daquelas coisas que não sabemos explicar e colocamos um nome e isso as vezes confundem a nos e aos outros. O amor é algo tão subjetivo e tão paradoxal, que sair machucado de uma história de amor é quase uma certeza.

    Obs: Coloca um hardrock nos posts kkkk nada mais meloso e romantico q um whitesnake, bon jovi, europe e muitos mais =).

  2. Neiva disse:

    Veiiiiiiiiiiiiiiiii! que maravilhosa!E ainda com Florence!
    Lindo de mais!
    Bjo

  3. Deh Capella disse:

    Enxergando um tiquinho de mim nas linhas…

  4. Enxergando um muito de mim nas linhas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s