Sou uma biscate, muito prazer!

Por Cris Rangel*, Biscate Convidada

Quando recebi o convite da Luciana para escrever por essas bandas fiquei muito honrada. E o convite veio depois de uma conversa no twitter na qual eu dizia: agora que sou mulher livre e desimpedida, com fogo na bacurinha, vou é biscatear muito.

Hoje estou tudo isso e muito mais como mulher, talvez mais mulher do que nunca porque a cada dia percebo que posso sim tomar atitudes que não foram pensadas previamente e que podem ou não mudar a vida de algumas pessoas. OK, e daí? Eu mexo com a vida dos outros porque quando mexem com a minha, ninguém manda aviso prévio.

Sou uma pessoa comum. Casei, tive filha (não nesta ordem, que fique claro), separei. Engatei namoro firme demais logo após a separação – ou após a última fase de separação, que teve várias e sofridas fases.

Eis o primeiro grande problema: eu separei e não me dei o tempo de ser biscate, eu não me permiti. Em todas as fases de separação eu emendava uma relação mais séria e não biscateava como deveria. Perdi aprendizados importantes com a falta da biscatagi.

E lá se foram dois anos de namoro com um homem daqueles que só pensa em si, que é o centro do mundo. E, opa! Um belo dia eu realmente digo chega! Por que vamos ser honestos, o centro do meu mundo sou eu. Quem dita as regras e normas à minha vida sou eu. Certas ou erradas sou eu que faço as minhas escolhas.

Mas acontece que a gente tende a passar um período inerte, como se sob o efeito de psicotrópicos quando nos apaixonamos, não é mesmo? Fazemos umas coisas que jamais imaginamos quando nos apaixonamos, chegamos a nos anular (quem nunca?). Agora, passado o efeito da anestesia e devidamente acordada e com os dois pés plantados no chão decidi que vou cuidar da minha vida, única coisa verdadeiramente minha nessa confusão que é viver.

Ele ainda não entendeu. Eu não vou mais explicar. Por que se tem coisa que cansa é explicar e reexplicar, e explicar de novo e mais uma vez. Cansa.

Em meio a tantas decisões, mais uma, vou voltar a ser a mulher que sempre fui: uma biscate. Uma biscate meio tímida admito, mas com um potencial que vocês nem imaginam! Farei o que eu quiser, quando eu quiser, com quem eu quiser. Estas escolhas são minhas e ninguém vai roubá-las de mim. Reaprenderei a ser a minha melhor companhia, reaprenderei a me amar ainda que nos momentos em que deixo virem à tona meus piores defeitos.

Nunca é tarde para voltar a ser quem eu fui.

Não sei também se os relacionamentos amorosos não foram feitos pra mim ou se eu é que não fui feita pra eles, mas há algo muito errado nesta equação. Mas isso é assunto pra outro papo e não é hora de pensar assim, é hora de voltar pra biscatagi porque esse é o meu lugar.

.

*Cris Rangel é atleticana de corpo, alma e ventania. Jornalista na fria e carrancuda Curitiba. Mãe de menina. Audaciosa. Corajosa. Encrenqueira. Louca por cinema, rock’n roll, vinho e conversa afiada. Corredora amadora, aficcionada por academia. Biscate exigente, livre e liberta.

Sobre biscatesocialclub

"se acaso me quiseres, sou dessas mulheres que só dizem sim..."
Esse post foi publicado em biscate convidada, uma biscate quer e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Sou uma biscate, muito prazer!

  1. Charô disse:

    Ai me identifiquei. Também sou biscate meio tímida. E já fui corredora também, precisando voltar… Mãe de menina. Barraquenta! Não sei bem como aconteceu, mas fiquei sem biscatear um tempo mas… Voltando. Amey o texto, benvinda!

  2. Mayara disse:

    Amei o texto!

  3. Exceção? não existe não! disse:

    ‎”Quero ser biscate, mas não quero ser tratada como biscate…”

  4. Tico Cardinal disse:

    e uma execelente vizinha!

  5. Todas as mulheres são iguais! disse:

    Só não omita seu passado de um futuro namorado ou marido afinal as pessoas devem te aceitar como vc é, então nada de se fazer de santinha futuramente!

    • Cris disse:

      Nunca fui santinha. Nem nunca serei. E ñ omito nada de ninguém. Eu sou o que sou e ponto. Quem quiser, que me aceite assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s