Nhoque para dois

(Ou duas. Vocês que sabem)

Faz um tempo que venho fazendo nhoque por aí. Sempre que me reúno com amigos ofereço de fazer. Não é exibicionismo meu. Meu nhoque é bom mesmo. Já dei a receita no Pimenta com Limão, mas ficaram dúvidas sobre quantidades, dicas, segredinhos e tal.

Vamos ver se dessa vez consigo explicar melhor e vou dar a receita para apenas duas pessoas, porque né, vamo combiná que um prato tão trabalhoso é uma excelente oportunidade para biscatear. Então, voilá!

Descasque um quilo de batatas (qualquer tipo), corte em pedaços grandes e coloque numa panela com água e uma colher das de sopa de sal para cozinhar. Depois de cozidas num ponto depois da batata para salada de maionese, escorra e amasse. Se não tiver um espremedor de batatas, amasse com um garfo e depois com uma colher. Reserve e deixe esfriar completamente.

Enquanto isso, faça o molho. Dessa vez escolhemos uma versão adaptada de molho à bolonhesa. Para duas pessoas (ou um quilo de batatas), use 200gr de carne moída, 4  dentes de alho fatiados, 3 cebolas grandes, 1 pimentão e 3 tomates cortados bem miudinho, meia xícara de salsa picada, meia xícara de manjericão fresco (só destaque as folhas), sal, pimenta e uma pitada de alecrim desidratado. Doure o alho no azeite, acrescente a carne moída e vá mexendo para não deixar empelotar. Acrescente a cebola, pimentão e tomate, sal e pimenta a gosto e o alecrim. Se preferir o molho mais vermelho, acrescente 1 colher das de sopa bem cheia de extrato de tomate. Dica: Para tirar a acidez do tomate no molho, coloque uma colher das de chá bem cheia de açúcar. Acrescente um copo de água (250 ml) e deixe o molho ferver por uns 15 minutos para encorpar. Só misture a salsa e o manjericão depois que desligar o fogo.

Antes de começar a enrolar a massa, coloque uma panela no fogo com água (acima do meio) e sal. Com a batata já fria, vá pegando pequenas porções na mão e misturando farinha. Amasse até estar com consistência  de massa e numa bancada já enfarinhada, faça rolinhos mais ou menos da espessura de dois dedos (a massa não pode estar se quebrando, se estiver acrescente um pouco mais de farinha, amasse e enrole de novo). Corte em pedaços pequenos e polvilhe com farinha. Se tiveres uma bancada grande, os deixe reservados mais para um canto, desde que não fiquem colados.

Depois da massa toda enrolada e cortada, vá ajeitando os travesseirinhos. O segredo é ir pressionando os pedaços contra a bancada, moldando em formato de travesseiro e selando-os com a farinha. Não faz ideia de como se faz isso? O Andy Garcia ensina a Sofia Coppola em O Poderoso Chefão III e as biscates se derretem assistindo e querem fazer nhoque com ele. Ai, Ai… Não tem Andy Garcia para te ensinar? Convide outra vítima, digo, moço (ou moça) e aprendam juntos a fazer nhoque.

Depois de prontos os travesseirinhos, jogue-os em grupos dentro da água fervente (com cuidado para não saltar água quente para todos os lados). Os travesseirinhos inicialmente afundam e quando estão cozidos sobem e ficam boiando na superfície. Retire-os com cuidado com uma escumadeira, deixe-os um tempinho no escorredor. Quando retirar, pode já servir em porções individuais ou colocar numa travessa. Regue com azeite para não colarem (caso aconteça de colarem, basta aquecer no vapor para que descolem) e jogue uma porção generosa de molho em cima. Polvilhe com queijo parmesão ralado.

Fica melhor servido com vinho tinto seco. Se preferir, use molho pesto.

Andy Garcia “ensinando” Sofia Coppola a fazer gnocchi:

(fotos: Mayara Melo)

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo.
Esse post foi publicado em cinema, receita biscate e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Nhoque para dois

  1. ftiagocosta disse:

    Sem dúvida o melhor nhoque que comi na minha vida hoje! Mesmo sem o Andy Garcia! =P

  2. ftiagocosta disse:

    Vale comentar, que é uma receita estratégica pra se fazer juntos da noite p/ madrugada, pq como é um pouquinho demorado, tem a desculpa do gato ou da gata ficar pra pernoite!

  3. jroiz disse:

    eu adoooro nhoque! mas é demorado mesmo, já passei uma tarde inteira fazendo (p/ comer sozinha,o que é pior)

  4. Pingback: Inventário de uma alma rebelde, de bisca |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s