Quanto tempo é necessário para sentir-se feliz?

Há vários aspectos que podem fazer com que a gente fique feliz. Pode ser um objetivo alcançado, a resolução de um conflito, estar em algum lugar gostoso, divertir-se com os amigos ou com a família, brincando com um bichinho, tomando sorvete… Mas, e aí? Você costuma cronometrar quanto tempo leva para que essas coisas tornem-se boas? Existe um timing para isso?

Pois é, gente. Aposto que a resposta de muit@s de vocês tenha sido um sonoro NÃO. Ninguém, pelo menos que eu tenha conhecido, parou para pensar de onde vem tanta felicidade. Ou se questionado por que algumas situações nos trazem tanto prazer. Contudo, a gente faz exatamente isso quando conhece alguém interessante. A gente as vezes (para não dizer sempre) se policia demais em relação ao que este alguém nos provoca. Fica impressionad@ como em tão pouco tempo, tal pessoa consegue mostrar – se tão incrivelmente irresistível…

Eu digo isso abertamente p0r aqui porque já fui assim. E na minha opinião, encantar-se abobadamente por alguém em pouco tempo era superficial e idiota. Era algo que não merecia a minha atenção, porque da mesma forma que veio, iria. Bem rapidão. O que eu não imaginava é que, assim como para quase tudo na nossa existência, há uma série de variáveis que podem fazer com que isso valha muito a pena. Tentar viver mais  e com mais serenidade o presente, por exemplo, é uma delas.

Em pensar que eu acreditei com tanta força que não viveria isso denovo… Por um tempão.

Não acho que a gente não deva mais pensar no futuro. Só que o agora, o hoje, o presente pode se mostrar delicioso e muito digno de ser aproveitado. Não existe um tempo ideal de felicidade. Duas semanas, por exemplo, podem nos tirar o chão. Podem nos fazer um bem enorme. Dá para viver isso sem cobranças. Sem culpas e sem expectativas destrutivas e frustrantes, sobretudo se estas forem em relação ao outro.

Eis aqui uma biscate encantadinha. E que está aproveitando a sua felicidade e tudo que ela tem a oferecer naturalmente. Sem cronômetro.  🙂

Sobre Cláudia Gavenas

Paulistana, 26. Designer, gateira, feminista e musical. Meio perdida na vida, mas não tem certeza se realmente quer se encontrar...
Esse post foi publicado em biscatagi, desejos de biscate, uma biscate quer e marcado , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Quanto tempo é necessário para sentir-se feliz?

  1. gilsonmhjr disse:

    Belo post, to nesse time tb. E felicidade é bão.

  2. Manuela disse:

    Algumas coisas a gente só aceita e “entende” quando vive, por isso, nessas questões eu quase nunca discuto ou argumento, apenas deixo viver… Aí é só “correr pro abraço”… rsrsrs Bjão, excelente post.

  3. Vanessa Domingues disse:

    adorei… E eu deixo encantar-me sempre!!!

  4. Sueli disse:

    Eu já tive medo por causa das decepções que vivi, mas resolvi fazer uma paródia daquela velha canção:
    “Eu me encanto sim e vou vivendo
    Tem gente que não se ilude e tá morrendo…”

    Um encantado domingo!

  5. cris disse:

    Estou num momento exatamente o contrário! Não deixo q ninguém se aproxime pra não me encantar e cair num tremendo poço. Confesso q estou sofrendo por isso mas, não consigo reverter!

    Acho lindo qdo alguém se entrega dessa maneira, sem medos, sem ressentimentos!

    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s