Gramática Biscate, Lição I

Não, biscate não tem manual. Não há receita. Mas, posso ousar indicar o que não fazer através da Gramática Biscate. Ou seja, biscate não tem manual, mas tem glossário, seja nas biscatagis públicas ou nos cafofos, reais ou virtuais (tuíter=DM, mensagens=FB e nos gtalks, iscáipis e eme-esse-enes).

Começo pelo verbo e tempos verbais. Biscatear — exercer a biscatagi, ser biscate — não se conjuga no passado, apenas no presente e futuro, com vontade — muita vontade. Futuro do pretérito é algo que não existe. Eu não biscatearia, eu biscateio e biscatearei — muito! A Marília Moscou já conjugou o verbo DAR noutro post, mas eu acho que o verbo preferido das biscates é QUERER. Biscate quer, e quando quer vai atrás do seu desejo. Então, faça-se querer querendo. Falaremos mais sobre verbos e tempos na próxima lição e passemos ao adjetivo.

Cuidado ao adjetivar, tanto para o bem quanto para o mal. Normalmente aquilo que seria xingamento para muitas “mocinhas direitas”, para biscate é elogio. Ao tentar ofender poderás simplesmente revelar preconceitos e machismos enrustidos e te fazer menos interessante e influenciar diretamente no verbo — o querer, da biscate. Ao tentar elogiar mais cuidado ainda. Biscate não gosta de ouvir mentiras ou falsos elogios (acho que na verdade ninguém gosta), mas de ter suas qualidades mais sutis percebidas. Biscate não cai em cantadas — baratas ou caras. Já ouvimos todas, já as usamos também e, bem, não gostamos de clichês e chavões. Quer elogiar? Observe, se interesse, seja criativo/a e inteligente. Buenas, inteligência é um dos grandes afrodisíacos e, infelizmente, não tem para vender.

Ao adjetivar lembre-se de gênero (os que variam entre feminino e masculino e os que não variam — questão de gosto), número (biscates-cor-de-rosas não existem, biscate carrega nas tintas e no mínimo terás céus-púrpura numa noite de biscatagi) e grau (biscate é facílima de agradar, mas é melhor agradá-lá sem muito esforço).

Nos pronomes abuse dos possessivos, mas tente pensar plural e não singular. Nos advérbios muito cuidado com os sufixos diminutivos. Biscate não é “inha”. Mas pode abusar dos sufixos aumentativos, superlativos. Rá!!!

Sentindo falta dos artigos? Sem predefinições e preconceitos. Os artigos (sujeitos/as) vão ao gosto de cada um/a(s). Varie ou não, como preferir. Nos substantivos evite apelidos fofinhos, “miguxos”. Dê às coisas os nomes que elas tem. Biscate é biscate, gostando deles e/ou delas.

E para concluir essa lição… Não faça jogos, só os de palavras. Queira ou não, simples assim. Se quer uma biscate, deixe claro e não finja que não quer para “valorizar seu passe”. Biscate é governada pela lua (isso talvez explique o propósito biscate do meu último post) e olha para os lados e para as pessoas o tempo todo, e pode descobrir — durante o seu #mimimi — outros passes mais valiosos e interessantes.

Exemplos de orações e construções a partir da lição I?

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo.
Esse post foi publicado em biscatagi, uma biscate quer e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Gramática Biscate, Lição I

  1. Marília Moscou disse:

    Amei de paixãããão

  2. mayroses disse:

    Muito, mas muito bom. Dei boas risadas…rs…não foi um post de receita, mas está delicioso. Beijos!

  3. Luciana disse:

    E eu, de longe, estudando a gramática com afinco, conjugando tudo no presente…

  4. Amanda disse:

    😀 Lembro do dia que você me ensinou que DM é cafofo… HahahahaHAHAhaha 😀

    • Na verdade cafofo é DM no tuíter, mas adaptamos a todas redes sociais e lugares. Porque podemos e devemos biscatear em público, mas biscatear em particular também tá valendo. Rá!!! 😀

  5. Pingback: Inventário de uma alma rebelde, de bisca |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s